É possível viver de dividendos. Descubra como!

Dividendos são partes ou rateios do lucro líquido de ações de uma sociedade anônima pagos em dinheiro aos acionistas, após o balanço anual das empresas. Mesmo tendo o hábito de investir, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre a possibilidade de viver desses rendimentos.

Com um planejamento bem definido para suas finanças você pode desfrutar a vida de acordo com seus objetivos. Não se esqueça de que é preciso diversificar sua carteira de investimentos, incluindo aplicações de curto prazo para retiradas emergenciais.  

Para que os dividendos se tornem sua fonte de renda principal seja cauteloso ao comprar ações, e use um aplicativo adequado para acompanhar as transações. Lembre-se que estamos falando de uma renda variável, com oscilações, onde tempo e paciência contam muito.

Vamos esclarecer alguns pontos para ajudar você a fazer a melhor escolha na hora de investir. Continue a leitura e prepare-se para lucrar mais!

Comece a planejar como viver de dividendos

Todo investidor sabe que um planejamento financeiro com todas as receitas e despesas é o primeiro passo para se organizar e obter  bons resultados em aplicações. Determinar uma quantia mensal para aportes nas ações é imprescindível, pois o retorno vai corresponder ao seu padrão de vida no futuro.

Outra questão a considerar é referente ao tempo necessário para atingir seu objetivo. Se você não tem o montante suficiente é melhor esperar até se capitalizar. Com base no seu salário, faça um cálculo de todas suas contas a pagar, o quanto consegue economizar por mês e salde eventuais dívidas. É preciso zerar todas as suas pendências antes de começar a investir.

Diversificar sua carteira de investimentos é a melhor estratégia para não sair do seu plano original, que é viver de dividendos. Faça aplicações de curto e médio prazos, especialmente naquelas com juros compostos, como as de renda fixa. Avalie as opções que podem ajudar:

Certificado de Depósito Bancário — CDB

Escolha entre títulos com rentabilidade fixa, pós-fixado com indexador ou híbrido, que é composto por uma taxa variável e uma fixa.

Letras de Câmbio — LCA e LCI

Investimento de boa rentabilidade onde é possível escolher taxa e prazo para liquidez. São garantidas pelo Fundo Garantidor de Crédito — FGC até o valor de R$ 250.000,00. Tanto as Letras de Câmbio do Agronegócio como as Letras de Câmbio Imobiliárias são isentas de Imposto de Renda.

Tesouro Direto

Aplicação acessível com fácil liquidez e possibilidade de escolha de rentabilidade pré-fixada, taxa Selic ou de acordo com a  inflação.

Renda Variável

Apesar de ser um investimento com maior rentabilidade em longo prazo funciona muito bem quando se tem uma carteira diversificada. Por se tratar de uma renda variável e de ganhos sobre os juros compostos, nem sempre os resultados são os esperados, podendo ser negativos. Nesse caso, é preciso esperar algum tempo para que as ações adquiridas voltem a subir.

Acerte na escolha das ações

Nesta etapa é importante não por todo seu planejamento de viver de dividendos a perder. Preste atenção nas ações mais indicadas, quais são os tipos de proventos e como são pagos.

Dividendos

É uma parte do lucro das empresas distribuída aos acionistas de acordo com a quantidade de ações adquiridas. O pagamento é feito em dinheiro em conta informada pelo beneficiário. A transação é realizada pela Companhia Brasileira de Liquidação de Custódia — CBLC,responsável pela liquidação de operações da Bolsa de Valores . Depois, é publicado pelo Conselho de Valores Mobiliários — CVM.

Cabe ao CVM oficializar a data de pagamento, informando o último dia de referência representado por “com” e o dia de ajuste de preço da ação “ex”. 

Nem todas as empresas fazem o pagamento no mesmo período, o que significa que a distribuição pode ser mensal, trimestral, semestral ou anual. Quanto ao valor do repasse do lucro há uma variação entre 25%para instituições listadas na Bolsa de Valores, até 100% para as demais.

Fique atento ao dividend yield, que é o indicativo das empresas que distribuem proventos mais altos. Um bom índice gira em torno de 5% a 7% ao ano.

Já o dividend payout indica a porcentagem do lucro a ser distribuído aos beneficiários, e quem define é a empresa.

Na prática, o maior payout corresponde ao melhor índice de pagamento de dividendos. 

Dividendo Especial Extraordinário

Trata-se da distribuição de proventos extras no caso de uma empresa ter lucros inesperados.

Bonificação

Provento que pode ser distribuído gratuitamente em forma de novas ações ou em dinheiro por empresas que aumentaram o capital por meio de reservas. O valor a receber é proporcional ao número anterior de ações do investidor.

Juros sobre Capital Próprio

JSCP é semelhante aos Dividendos quanto à forma de pagamento, porém há incidência de 15%de imposto na fonte.

Direito de Subscrição

Aqui você pode adquirir mais ações antes de serem lançadas no mercado, com um preço baixo. Isso acontece quando uma empresa emite mais títulos

Opere direto na Bolsa de Valores

Alguns investidores ainda enfrentam dificuldades com as operações na Bolsa de Valores. Os motivos vão desde a demora ao abrir a plataforma, a perda de arquivos ou configurações limitadas. Mas o pior mesmo é quando o Home Broker começa a travar, impossibilitando qualquer transação e gerando possíveis perdas nos lucros.

As informações da Bolsa de Valores chegam em tempo real, assim como a disponibilidade de gráficos para análises e o indicador LP diário. Com a emissão de relatórios é possível acompanhar saldos e extratos financeiros e um simulador de investimentos dá a melhor previsão dos lucros. 

Com todos esses recursos o investidor tem mais segurança e certeza de que é possível viver de dividendos. A jornada pode não ser das mais fáceis, pois exige paciência, tempo e dedicação. Mas o retorno é um futuro tranquilo, sem preocupações de ordem financeira.

Você também pode gostar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *