Crédito pessoal: 4 passos essenciais para conseguir

Sempre somos surpreendidos por uma conta a mais no fim do mês, ou por uma emergência que não imaginávamos que fosse acontecer. E quando isso ocorre, temos que ir direto pegar um empréstimo, não é mesmo?

Não tem jeito nem escapatória: a maioria dos brasileiros já pegou um crédito pessoal algum dia. Mas, ainda surge sempre aquela dúvida: o que eu preciso para pegar um empréstimo? Como eles me avaliam? É sempre assim. Com a crise que o país vive, as empresas ficam ainda mais exigentes e restritivas para dar o valor que você precisa.

Por essas e outras razões é que vamos ensinar a você como conseguir esse crédito que tanto precisa de vez em quando. Acompanhe!

1. O que eu preciso para conseguir um empréstimo?

Basicamente é muito fácil conseguir crédito em bancos hoje em dia. Se você já tem o nome limpo é meio caminho andado. O que geralmente fazem é avaliar se o valor que deseja pode ser emprestado, os juros que vão colocar em cima da quantia (isso depende muito do cliente que você é), e quantas parcelas podem ser divididas.

Por via das dúvidas, converse com o gerente do seu banco. Ele mostrará as melhores e mais confortáveis condições para você.

Se você não quer fazer por ele, existem sites online que também servem para simular um empréstimo e conseguir ser aprovado. Se você já tiver crédito “pré-aprovado”, também pode simular pela internet e saber o que é possível adquirir.

2. Por que tem que ser o crédito pessoal?

Temos que entender que no Brasil existem 3 tipos básicos de empréstimos: pessoal, com garantia e consignado. Deles, o primeiro é o que mais o povo procura, por causa de sua forma e jeito de pagamento, o número de parcelas permitido, o tipo de crédito (pré e pós-fixado), entre outras vantagens.

3. Posso pegar empréstimo com nome sujo?

Quando você está com nome sujo, eles sempre vão achar que não vai pagar. Essa atitude pode parecer errada, mas é a única segurança deles. Então, tenha sempre em mente que será mais difícil aceitarem e os juros são, muitas vezes, mais altos que o normal.

Para quem está nessa situação, a melhor opção é o crédito consignado, pois cai direto na folha de pagamento e, por isso, faz os juros ficarem baixos.

Estar endividado também vai te atrapalhar no limite que vão liberar e os bancos não aceitam negociar ou parcelar o pagamento. Se você está realmente precisando disso agora, reconsidere bastante essa necessidade. Isso pode ajudar a limpar o seu nome.

4. Posso negociar as condições?

Como cada instituição financeira oferece uma forma diferente de empréstimo, é muito importante você questionar mesmo. Procure várias empresas além do seu banco, discuta a flexibilidade das taxas, valores, parcelas etc. Isso vai fazer toda diferença, até porque ninguém quer perder dinheiro aqui, não é verdade?

Só tome cuidado com as cláusulas abusivas dos contratos! Não seja ingênuo. Leia o contrato inteiro. Não tenha preguiça, viu?

Agora que já sabe como conseguir um empréstimo, é só começar a pesquisar e ver o que é melhor para você! Fique sempre atento! E, se possível, segure seu bolso para não precisar pegar um empréstimo.

E aí, leitor? Gostou de aprender como conseguir um crédito pessoal de forma bem simples? Então leia mais artigos nossos sobre o assunto!

Você também pode gostar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *